Operações Integradas tentam coibir aglomerações em Pelotas

CIDADE

Operações Integradas de Pelotas percorreram bairros e pontos de lazer da cidade para fiscalizar possíveis aglomerações, além de flagrantes de descumprimento aos decretos municipais relacionados à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Samuel Ongaratto, no domingo, o comboio de veículos da Guarda Municipal, Secretaria Muncipal de Transporte e Trânsito, Brigada Militar e Polícia Civil, fiscalizou a praia do Laranjal, Recanto de Portugal, Avenidas Dom Joaquim, Duque de Caxias e Bento Gonçalves.
“As duas ações deste fim de semana fazem parte da rotina da Operação Integrada, mas foram focadas em  atender denúncias da população, principalmente, relacionadas à aglomerações”, explicou Ongaratto.

Entre os chamados registrados pela Guarda Municipal, no domingo, houve a solicitação de moradores dos bairros Navegantes que suspeitavam de uma festa, que acabou não sendo confirmada.
Área de aglomeração no Recanto de Portugal foi fiscaliza pela BM e Agentes de Trânsito

Área de aglomeração no Recanto de Portugal foi fiscaliza pela BM e Agentes de Trânsito

SÁBADO

Das 17h do sábado até as 2h da madrugada do domingo, os agentes abordaram 87 pessoas nas ruas de Pelotas, uma delas foi detida por desacato à autoridade.

Quatro denúncias de aglomeração e possíveis eventos particulares foram conferidos. Uma delas foi um aniversário em uma residência no bairro Santa Terezinha, que não configurou descumprimento das determinações municipais de controle e prevenção ao coronavírus, por ter sido constatado um número menor de pessoas do que o limite previsto pelo decreto em vigor, de até 30 participantes.




Fonte: Diário da Manhã

Compartilhe